Categoria: Entrevista rápida

Temporada 6 – Ronda 1 – Entrevistas Semana 2


DIVISÃO 1
– ||__Edu21__||

P- Parabéns pela vitória!

Início de temporada, equipa nova, vitória. Uma estreia que qualquer um deseja, certo?

R- Verdade, não podia ter melhor estreia, estou muito contente com a Vitória.

P- No primeiro stint formou-se um comboio de cinco pilotos na frente e tu estando no segundo lugar, o quão fácil ou difícil é andar no meio, sendo que se tem de estar atento ao piloto da frente e ao piloto de trás?

R- No 1° stint tentei “proteger” o 2° lugar pois acabaria por ser uma posição que me poderia trazer dividendos para o 2° stint e foi o que acabou por se verificar.

P- Tinhas a estratégia de parar somente uma vez já definida ou estavas atento aos teus adversários directos?

R- A estratégia estava delineada para 1 paragem pois sabia que seria a melhor opção.

P- O que te ajudou mais a conseguires a vitória: ultrapassares o PTM_RMoura nas boxes, ultrapassares rapidamente o CTDD_Morisson, após este ter feito o undercut ou a paragem tardia do GTP_Aguilar?

R- Penso que o início do 2° stint acabou por me trazer alguma felicidade no que foi o consolidar do 1° lugar, com 2 ultrapassagens logo depois da paragem na pits que facilitou e muito o desenrolar do resto da corrida.

P- Na temporada passada também venceste na ronda 1, quais são as tuas expectativas para esta temporada?

R- Tenho como objectivo aproveitar todas as corridas e divertir-me ao máximo com elas.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- O próximo combo adivinho um desafio dificílimo pois estamos a falar de 2 carros com características muito específicas e do qual a malta na maior parte das vezes não faz deles opção, mas ao mesmo tempo sei que vem aí mais 2 semanas de grande espectáculo.  

 

SÉRIE C – PTMAKOPT

P- Parabéns pela vitória!

Mas que estreia na Liga GT Portugal! Orgulhoso?

R- Orgulhoso não digo acho que tive sorte adoro laguna seca aos anos e fiz uma corrida sem erros.

P- Mantiveste-te praticamente todo o primeiro stint a três décimas do APG_Widow sem fazer nenhuma tentativa de ultrapassagem. Porquê? 

R- Ele é óptimo e rápido não tentei também pra eu ver se tinha andamento e fazer um pouco de poupança e não arrisquei com receio de um toque mal medido pra não estragar a corrida dos dois que estávamos com ritmos idênticos.

P- O que pensaste quando viste o APG_Widow a abrandar e deixar-te passar para a liderança?

R- Pensei uma oportunidade e tentar o meu melhor e da minha box disseram olha tenta ir e não te preocupes e não olhei pra traz. Fui focado na pista e tentar não errar.

P- Já bem perto do fim, a distância entre os dois aumentou bastante. Foi difícil manter a concentração até à linha de meta?

R-  Foi um pouco mas estavam sempre a dizer-me concentra-te e foi o que fiz e acabei a corrida suado.

P- Temporada de estreia, quais são as tuas expectativas?

R- Na minha série estão bons pilotos. Tenho treinado e evoluído bem mas espero no fim estar no top 3.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Acho que o lamborghini tem vantagem até certo ponto e o ferrari é mais estável na minha opinião haverá mais lamborghinis do que ferrari.

 

SÉRIE B – GUIII123456789

P- Parabéns pela vitória!

Mas que estreia na Liga GT Portugal! Orgulhoso?

R- Sim! Muito orgulhoso por ser a minha primeira corrida da liga e conseguir alcançar o lugar mais alto do pódio.

P- Nas primeiras voltas sentiste bastante pressão do ONE_ProZak. Depois do despiste dele adoptaste uma condução diferente?

R- Gosto de sentir a pressão/presença do adversário perto de mim isso contribui para mais disputa e para uma corrida mais interessante… Depois do despiste diminui o meu ritmo de corrida para poupar os pneus e o combustível pois tinha tempo para o carro de trás.

P- A estratégia de duas paragens sempre foi o teu plano inicial ou alteraste para te defender?

R- Isso por acaso foi uma má opção da minha parte que quase que ia dando para o “torto”. O plano inicial era não parar mas não consegui gerir bem o meu desgaste de pneus na primeira parte da corrida.

P- O que achas que te ajudou mais a recuperar a liderança da corrida, os pneus ou a poupança de combustível?

R-  Penso que foi o combustível que me ajudou a chegar á frente da corrida.

P- Temporada de estreia, quais são as tuas expectativas?

R- Embora seja a minha estreia na liga penso que consigo lutar pela liderança da minha série.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Gostava que Monza fosse diferente de Laguna Seca na parte de escolha de carros. Penso que o Lamborghini vai ser mais forte nas retas e o Ferrari mais ágil nas curvas. Seja como for penso que vai dar para umas corridas fantásticas e cheias de emoção!

 

 SÉRIE D – Edwuardworld

P- Parabéns pela vitória!

Mas que estreia na Liga GT Portugal! Orgulhoso?

R- Boas desde já agradecer os parabéns, sim bastante orgulhoso de ter conquistado o primeiro lugar porque foi um esforço entrar na liga GT Portugal  

E ter entrado numa equipa impecável e ter me ajudado muito nos treinos e ter me apoiado bastante nesta primeira ronda.

P- Participar na última corrida da ronda, dá alguma vantagem da forma como se aborda a corrida?

R- Em certa parte sim porque podemos ver algumas estratégias que nos possam ajudar e consegue-se ver os tempos mais rápidos e que diferença existe entre pilotos mas em outra parte já não porque podemos tentar usar a mesma estratégia e não nos correr bem ou tentar fazer igual ou parecido e nao correr como esperamos pois cada piloto tem a sua rapidez e a sua agilidade cabe ao treino fazer a sua parte para evoluir e fazer até melhor.

P- Já tinhas a tua estratégia de boxes delineada ou decidiste seguir a o teu adversário, Panx1973?

R- Sim já tinha a estratégia de boxes delineada. Em alguns treinos antes andava a fazer duas paragens por não estar a conseguir controlar o desgaste de pneu mas em uma noite andei a estudar maneiras de fazer as travagens para não serem tão bruscas e a maneira como abordava as curvas e depois de alguns testes comecei a treinar mais para fazer uma paragem só e conseguir gerir o desgaste de pneu e de gasolina.Sem perder o pace nas voltas.

P- Após teres ganho a posição nas boxes, esperavas mais pressão na parte inicial do segundo stint por parte do Panx1973?

R- A meu ver o panx vinha a pressionar muito bem pois ele é um piloto bastante rápido e forte mas como houve ali aquele erro na parte do combustível e ele ter que poupar um bocado mais e também alguns deslizes em algumas curvas mas acho que sim ele podia ter me dado mais pressão porque é um piloto com possibilidades para tal.

P- Temporada de estreia, quais são as tuas expectativas?

R- As minhas expectativas é ganhar mais experiência no geral em todos os aspectos seja rapidez, agilidade e consistência e treinar bastante para tentar segurar o primeiro lugar para poder subir para as divisões e assim ir evoluindo e melhorando ronda após ronda.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Acho que irá ser um duelo de titãs pois são dois carros que tem qualidades que se podem diferenciar ao longo da corrida dependendo da confiança que cada piloto terá com cada marca, mas no geral acho que irá ser uma corrida com bastantes surpresas, mas entre os dois carros acho que o lambo será um carro forte e o Ferrari irá ter algum trabalho para poder acompanhar o lambo, mas tudo dependerá do treino de cada piloto.

 

Temporada 6 – Ronda 1 – Entrevistas Semana 1

SÉRIE AONE_JASMIM

P- Parabéns pela vitória!

Após 4 meses de ausência das pistas devido a um problema físico, qual é o sentimento ao regressares e logo com este excelente resultado?

R- Foi uma sensação brutal, já tinha saudades de sentir este nervosinho.

P- Após o resultado da qualificação, acreditavas que terias ritmo de corrida para lutar pela vitória ou ainda estás surpreendido com a tua performance?

R- Os treinos com a equipa e simulações de corridas ajudaram a ganhar ritmo, mas depois da qualificação achei difícil chegar à frente.

P- Sendo a corrida de estreia da Temporada 6 da Liga GT Portugal, a tua estratégia de boxes foi baseada no treino ou decidiste seguir algum piloto?

R- Nos primeiros treinos a estratégia era sempre as duas paragens. Com o passar dos dias e em conversa com os meus colegas de equipa, começamos  por testar 1 paragem e acabou por resultar.

P- P- Consegues descrever o movimento da ultrapassagem ao NHMalaguetaX2 que te deu a vitória?

R- Sinceramente não esperava ultrapassar o malagueta, primeiro pq estava já com pouco pneu e segundo porque ele estava a defender bem. Acho que malagueta acaba por se distrair pelo facto de apanhar penalização e esqueceu de “fechar a porta”, aproveitando eu para colocar o carro por dentro.

P- Quais são as tuas expectativas para esta temporada?

R- O meu objetivo para esta temporada é acabar nos 5 primeiros lugares.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Estou a prever uma desgraça (lol), primeiro porque detesto a pista ( reta reta chicane.. Reta reta chicane) e em segundo  pq detesto os carros. Resumindo, tem tudo para correr mal, mas como estou por casa nos próximos dias, aproveitar para treinar 😎

 

DIVISÃO 3-BAPG_PAQUETE

P- Parabéns pela vitória!

Começaste a Temporada 6 da Liga GT Portugal da mesma maneira como terminaste a Temporada 5, ou seja, a vencer! Qual é o segredo?

R- Obrigado.

O segredo está, não na quantidade de tempo que passamos no jogo mas sim o tempo que dedicamos a treinar arduamente para conseguir o nosso objetivo.

P- Saíste da pole e sendo o segundo classificado, um piloto da tua equipa, ficaste mais descontraído?

R- Claro. Quando é um parceiro fica tudo mais calmo.

P- A tua estratégia de boxes foi baseada no treino ou na corrida de estreia da Ronda 1 da Temporada 6 da Liga GT Portugal?

R- Foi somente porque a box perdia se muito tempo. Por isso preferi poupar pneu.

P- Houve algum momento em que a estratégia diferente do SniperPT pudesse vir a surpreender-te?

R- Claro. O sniper e um Grande piloto e como eu  nunca tinha feito treino em corrida podia me dar mal.

P- Quais são as tuas expectativas para esta temporada?

R- Vai ser uma temporada muito disputada e espero trazer a taça para casa.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Prevejo uma grande corrida com bastantes lutas. Espero conseguir trazer a Vitória para a minha equipa e que seja uma óptima transmissão e corrida.

 

DIVISÃO 3-AIMJCONCEPTS

P-  Parabéns pela vitória!

És o primeiro piloto na Temporada 6 a fazer uma triplete. Satisfeito com a tua performance?

R- Obrigado 😊 

Claro que sim, é sempre bom começar com uma vitória e se conseguir levar todos os pontinhos possíveis ainda melhor… Foi um arranque perfeito.

P- Fizeste pole position com uma boa diferença (sensivelmente meio segundo). Deixou-te mais confiante para a corrida?

R- Foi a minha melhor volta em modo qualificação (contando com os treinos), ainda bem que saiu no momento certo… Sim sair da pole dá sempre uma forçazinha extra, é simplesmente olhar para a frente e fazer o que se treinou.

P- A tua primeira paragem nas boxes foi na volta 11, um pouco diferente do que se tinha visto até então. Sugere que o teu plano inicial era de apenas uma paragem, confirmas?

R- Eu queria fazer 10-10-11, devia estar distraído ou algo… Isto fez com que tivesse de poupar combustível no 2o stint porque só me dava para fazer 9 voltas, sendo assim poupei e fiz 11-10-10… Mas não, não era de todo a minha estratégia.

P- Houve algum momento em que a estratégia diferente do DAVE_D3SIGN__TSM pudesse vir a surpreender-te?

R- Não, o Dave começou muito atrás e a desvantagem que ele tinha devido às lutas para chegar à frente já era muito grande… Nunca testei a estratégia de 1 paragem, mesmo que fosse melhor, não acredito que a diferença fosse assim tão grande… Bastava manter o carro fora da areia e ia correr tudo bem.

P- Quais as tuas expectativas para esta temporada?

R- Para já rolar apenas, há alguns combos que me estão a dar algum medo… Claro que se os resultados contínuarem bons, quero lutar pela subida à D2.

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Vai ser mais uma corrida em que o erro se paga caro e também se vai sofrer muito com os pneus… É um dos combos que tenho receio 😅 mas vou treinar para estar ao meu melhor no dia da prova.

 

DIVISÃO 2JOAO_OLIVEIRA_21

P- Parabéns pela vitória!

A tua última vitória tinha sido na penúltima prova da Temporada 3. Qual é a sensação de voltar ao lugar mais alto do pódio?

R- Obrigado!! A sensação é muito boa como é óbvio ainda para mais na divisão 2 que é só bons pilotos.

P- As primeiras voltas foram muito interessantes com 4 pilotos praticamente colados. Como se gere a frieza durante tanto tempo?

R- Não foi fácil até porque ainda era a primeira corrida da temporada e existe sempre alguma ansiedade, mas tentei ter calma e ver no que ia dar.

P- Estando na liderança, arriscaste sofrer o undercut ao efectuares a única paragem nas boxes somente na volta 15?

R- Já me tinha mentalizado antes da corrida que ia parar na volta 15, só se tivesse o azar de danificar o carro é que parava antes, e correu bem!!

P- A 6 voltas do fim, tinhas mais de 5 segundos de avanço para o ONE_Jmiguel. Mas para o final essa distância diminuiu bastante. O que se passou?

R- Mesmo, calculei mal o combustível e tive que poupar bastante na última volta, mas o jmiguel esteve bastante forte.

P- Quais as tuas expectativas para esta temporada?

R- O meu objectivo é tentar andar a lutar pelos primeiros lugares mas não vai ser fácil porque é só grandes pilotos e esta foi apenas a primeira corrida. Mas esse é o objectivo. 

P- A próxima prova será disputada na Catedral da Velocidade, Monza, e o desafio será escolher entre dois antigos rivais, Ferrari 458 Gr3 e Lamborghini Huracan Gr3. O que prevês para este combo?

R- Ainda treinei pouco não consigo dizer grande coisa sobre isso mas vai ser uma corrida com boas lutas de certeza.

 

Entrevistas Semana 2 – Ronda 8 – Temporada 5

Divisão 1 – pcm_stj

P- Quinta vitória consecutiva e consequentemente o título de campeão. Parabéns! Como te sentes?

R- Bem, muito bem!
Foi difícil. Um título a disputar até à última. Não ia ter tarefa fácil, até porque não consegui fazer uma das corridas por ter estado em Tóquio, logo a corrida de descarte ficou sem efeito. Das 7 corridas que fiz, as 7 contavam e tinha que dar tudo para ter alguma margem para acidentes, erros ou até mesmo ficar sem internet em algumas das corridas (algo que acontece frequentemente em casa xD). Contudo na última corrida já tinha a perceção de que fazendo pole que não ia ter problemas com a corrida e que podia estar mais descansado. O Edu, principal adversário na corrida e no título deu-me tudo menos descanso 😀
Fica um sentimento de satisfação por ter conseguido 5 vitórias consecutivas e ter-me sagrado campeão nacional pela Liga GT Portugal 😉

P- O facto do SDL_Edu21, o teu principal adversário ter-se qualificado em terceiro, deu-te uma margem para gerires durante o primeiro stint?

R- Sim, o Sérgio Fonseca fez um incrível tempo de qualificação na última volta possível para o efeito e eu, em quinto naquele momento, sabia que se batesse o tempo da volta dele tinha mais possibilidade de gerir o combustível para a corrida e apostar tudo nos stints seguintes porque a luta pelo 2º lugar iria ser intensa! 

P- Apesar de algumas trocas de posição entre ti e o SDL_Edu21, estavas preparado para algum undercut dele para o último stint?

R- Positivo.
Eu e o Edu, sem falarmos um com o outro quer antes, quer durante a corrida, sabíamos a estratégia que tínhamos que fazer. O ideal era cooperarmos mutuamente para nos distanciarmos do 3º lugar, o Azorean e depois sim, podíamos “brincar ás trocas de posições”. Estávamos com ritmos semelhantes, a gerir pneu e combustível ao mesmo tempo que nos distanciávamos, pelo que se o Edu tentasse um undercut poderia-lhe sair o tiro pela culatra. O número de voltas que fizemos com os pneus Super Suaves era o ideal para não começarmos a cometer erros devido ao desgaste.

P- Sendo campeão, o balanço da temporada 5 será extremamente positivo, mas queria uma opinião sobre mais aprofundada. Consegues dar?

R- Esta temporada foi incrível. Todas as divisões tiveram lutas épicas, de cortar a respiração e é isso que dá a emoção em participar na liga, muito mais do que nas corridas da FIA.
Há mais respeito, lutas, estratégias diferentes e até cooperação entre adversários, algo que não observamos em qualquer outro desporto.
Para além de todos estes factores, o que ajudou foi todos os pilotos utilizarem os mesmos carros. Assim tem-se uma maior perceção dos resultados de diferentes estratégias dos pilotos e a capacidade de resistência à pressão dos adversários e da consistência em pista.
Para mim a melhor temporada, sem dúvida! 😉

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, quais são as tuas expectativas?

R- Penso que não vou desistir da liga. Cada vez me deixa mais orgulhoso pertencer a esta família que está cada vez maior e melhor. Estamos a ver o aparecimento de boas equipas que apostam nos seus pilotos como a minha, os Offset e grandes pilotos que se estão a revelar ser grandes promessas no mundo dos esports.
Portanto não fica a garantia que irei participar por às vezes me faltar o tempo para treinar, mas do que depender da minha vontade sim, a próxima temporada poderá ter o campeão nacional a lutar para não deixar o título escapar 😀

 

Série D – pt_player_11

P- Mais um pódio, neste caso, um segundo lugar que foi mais do que suficiente para seres o vencedor da série D. Satisfeito?

R- Muito satisfeito, foi uma temporada bastante dura e com grandes lutas principalmente com o Rj e Bititiz antes de ter-se ausentado, mas logo o Bagatin tomou o seu lugar e fez uma grande temporada, já lho disse e digo aqui também, na minha opinião ele foi o piloto revelação da liga devido à sua enorme progressão, o que elevou mais a qualidade desta série. E correndo assim com estes pilotos a vitória tem sempre outro valor 👍

P- Após perderes a posição para o rjsc71 logo no início da corrida, alterou a estratégia da tua corrida?

R- De modo algum, eu pouco treinei apesar de ser a minha pista favorita no GT, mas devido ao pouco treino decidi levar os pneus S, em vez dos SS por causa do desgaste, isso fazia com que perdesse um pouco mais para os meus rivais principalmente na entrada da curva do Senna, pois tinha de travar mais cedo, no entanto compensava no meio da pista nas curvas lentas pois aí podia ter os pontos de travagem mais idênticos ao dos meus rivais e podia aproveitar nessa altura para massacrar um pouco mais os pneus para compensar a perda de tempo no primeiro sector, claro que foi difícil fui muito apertado pelo Bagatin, ele não estava para brincadeiras e correu muito bem e foi muito correto na sua condução, mas eu sabia que se acabasse atrás do Rj seria na mesma o vencedor da série e com a participação do Bititiz tudo se tornou mais fácil ao ter roubado a pole e a vmr ao Rj 😅, foi uma grande corrida do nosso Bititiz diga-se de passagem 💪

P- Tentaste o undercut no último stint, ficaste surpreendido por não ter resultado?

R- O undercut resultou como eu queria, eu queria ultrapassar o Rj antes mas aquela penalty mudou muita coisa, o Bagatin juntou-se a nós e o Rj não tava a dar hipótese de ultrapassagem com muito mérito sem dúvida, então decidi fazer o undercut, pois eu tinha o composto suave e sabia que o Bagatin acabava por me passar, então resolvi um pouco acima da hora descongestionar aquela luta, acabei por sair à frente do Rj e como estava com uma volta a mais e de Suaves o meu grip não era igual ao do Rj, mas como disse acima eu só precisava de terminar atrás dele por isso o undercut resultou, só não sabia que o Bagatin ficou com dano no para choques dianteiro, porque o meu para choques traseiro não teve dano e estranhei ele ter perdido muito tempo na box, e também o Rj ter ficado sem combustível foi inesperado, mas para mim acabou por correr bem, no fim acabou por funcionar.

P- Sendo tu vencedor da Série, o balanço da temporada 5 será extremamente positivo, mas queria uma opinião sobre mais aprofundada. Consegues dar?

R- Sim sendo vencedor, o balanço só podia ter sido positivo, mas para mim toda esta experiência e todos os pilotos sem qualquer excepção fizeram um grande campeonato e ver toda a progressão deles e as pessoas fantásticas que eu conheci nesta série é que no fundo fez desta temporada algo extremamente positivo, nao vou dizer que corri contra eles, mas posso dizer que corri com eles, para mim foi um enorme prazer e uma grande honra tê-los nesta seyrie, fica já um grande abraço para todos e um muito obrigado malta 👏👏👏💪

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, e mesmo sem saber se consegues chegar à divisão 3, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada?

R- Infelizmente não vou participar na próxima temporada, gostaria de voltar à liga noutra temporada, mas por agora vou ter de sair, fico no entanto na Oliveira Racing Team se o meu patrão deixar 😂, grandes amigos e excelentes pessoas, são aquela equipa que me marcou e que sem me conhecer de lado algum me acolheu no seu meio, treinou comigo, me motivou, e correu quando eu estava a correr, pedir mais deles era impossível e esta vitória é completamente dedicada a todos eles. ORT 💪💪

 

Série E – sacoto14

P- Mais um pódio, neste caso, um terceiro lugar. Parabéns. Satisfeito?

R- Foi o melhor possível, e não foi nada fácil de lá chegar depois uma corrida muito sofrida.

P- Uma qualificação menos boa retirou-te as hipóteses de lutar pela vitória?

R- A quali até foi boa para mim, os 2 da frente é que estiveram sempre num nível acima.

P- Sabendo de antemão que a qualificação para o playoff estava garantida, facilitaste nesta corrida?

R- Nem por isso, mas os azares do 1o stint desmotivaram e a partir daí vi que não chegava lá.

P- Mesmo não tendo já terminado a temporada 5 para ti, consegues fazer já um balanço da mesma?

R- Correu melhor do que pensei, uma boa experiência.

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, e mesmo sem saber se consegues chegar à divisão 3, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada?

R- Não sei responder ainda, fica no ar… Após o nascimento do Henrique o tempo escasseou imenso, deixei de jogar outras coisas só para me focar no gts e já me começo a fartar 😂

Série B – dave_d3sign_tsm

P- Parabéns pela primeira vitória nesta temporada! Eufórico?

R- Muito Obrigado.
Sim, muito eufórico e com muito orgulho de ter vencido essa última ronda cheia de emoção na nossa Serie B.
Aproveito para dar novamente os meus parabéns ao Andre-tvr pela sua vitória no campeonato e ao ImjConcepts pela sua linda estreia essa temporada.
E um grande abraço aos outros pilotos da Série B que para mim foi uma das séries mais competitivas. 

P- Demonstraste um andamento superior aos teus adversários, algo que ainda não tinha acontecido esta temporada. Deveu-se a treino?

R- Claro que deveu-se a treino.
Tive uma temporada bastante complicada… por motivos pessoais, de saúde (grande entorse no tornozelo esquerdo com ligamentos rompidos 5 dias antes da ronda 3) e também por problemas de net em Monza. Com isso tudo acabei por desanimar um pouco. Mas a minha sorte é fazer parte de uma grande família. Nem falo de equipa porque esse grupo é bem mais do que isso. Puxaram-me para cima, deram-me vontade de forçar e depois do 2º lugar em RedBull Ring quando eu soube que tinha uma hipótese de ir aos playoffs, dei tudo nos treinos para vencer essa última corrida.
E por isso quero ainda dedicar essa vitória aos meus companheiros da TSM.

P- O poupar de combustível foi estratégia desde início ou consoante o decorrer da corrida assim alterarias?

R- Isso foi também o resultado de treinos que deram-me a oportunidade de melhorar a minha consistência.
Na temporada passada tinha vencido a 1a ronda em Interlagos mas em termos de ritmo e condução ainda aprendi muito.

P- Mesmo não tendo já terminado a temporada 5 para ti, consegues fazer já um balanço da mesma?

R- A temporada 5 foi uma grande surpresa para todos.
No início quando foram divulgados os combos fiquei um pouco reticente mas afinal poder ter opção entre 2 ou 3 carros nas rondas foi uma ideia espetacular e deu para ver melhor as habilidades dos pilotos do que dos carros. Houve muitas lutas e que lutas.. E também acho que o mais complicado nesse tipo de combos é mais para quem pinta os carros 😂
Espero que a próxima temporada seja neste sentido.

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, e mesmo sem saber se consegues chegar à divisão 3, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada?

R- Tenho tido algumas dúvidas por motivos de disponibilidade mas acho que ainda não estou pronto pra deixar o meu capacete 😁
Agora a falar de expectativas só vou dizer que quero evoluir, aprender e dar o meu melhor para ter bons resultados e, acima de tudo, o motivo principal que nos trouxe aqui a cada um de nós: Divertimento!!!
E para conseguir esse tipo de divertimento, quero destacar uma palavra muito especial pra cada um de vós que dá o seu melhor para tornar isso possível. A administração, comentadores, e pessoas que ajudam à evolução da Liga GT Portugal.
MUITO OBRIGADO pela vossa dedicação.
O meu maior respeito!

 

 

Nota: Algumas perguntas não estavam correctas. Editado às 14h 41m.

Entrevistas Semana 1 – Ronda 8 – Temporada 5

Divisão 2 – benjasenna_tsm

P- Mais um pódio, neste caso, um segundo que foi mais do que suficiente para te consagrares  campeão. Parabéns! Muito champanhe?

R- É verdade, muito obrigado. Algum! Foi uma temporada longa, com muito treino pelo que chegar ao fim em primeiro é sempre motivo de festejo. Fiquei muito contente por vencer embora não fosse nas condições ideais. Quero desde já deixar um abraço ao gui que teve problemas de ligação e não pode disputar a corrida. 

P- Fizeste uma boa qualificação, saindo à frente dos teus adversários directos. No entanto, em poucas voltas foste ultrapassado pelo SDL_CMocho81 e pelo SDL_GuiCastro, fazia parte da tua estratégia?

R- Sim, fui ultrapassado mas também ultrapassei..hehe faz parte: estávamos todos muito perto uns dos outros. Acho que ali o melhor a fazer era não estar preocupado com a posição mas sim não perder o comboio e o contacto com eles e poupar ao máximo o carro. Eu sabia que nas últimas voltas do stint poderia recuperar tempo, por isso a decisão da corrida seria mais no fim e não no início.

P- Após os problemas técnicos do SDL_GuiCastro ficaste mais descontraído, uma vez que podias terminar em 4 lugar ou não sabias dessa matemática?

R- Eu não prestei muita atenção às contas. sabia que tinha um ponto de diferença para o gui e que poderia ficar 2 posições atrás do mocho. Na queda do gui pensei que ele tivesse saído de pista apenas… eu estava em luta e a ser ultrapassado pelo joão oliveira nesse momento e não percebi logo que infelizmente ele tinha mesmo caído. Foi muito triste. Acabei por ganhar o título mas ficou sem o brilho que poderia ter. E foi mesmo triste porque a corrida estava ao rubro, talvez o melhor início de corrida da temporada e ainda tínhamos muito para mostrar. Quando percebi pensei que o P2 que era a minha posição actual seria suficiente. E aí sim, fixei como primeiro objectivo não perder o p2 mais do que atacar o p1. No entanto acabei por me aproximar do CMocho que também ainda podia ser campeão. Isso deu-me segurança e não foi preciso pensar muito na matemática.

P- Sendo campeão, o balanço da temporada 5 será extremamente positivo, mas queria uma opinião mais aprofundada. Consegues dar?

R- Extremamente positivo! Foi mesmo uma grande temporada, muito competitiva numa Divisão que ensinou-me muito. 

Mas acima de tudo tenho de destacar os meus colegas de equipa. Houve muito empenho e muita dedicação da TSM. Treinamos praticamente todos os dias e com um espírito de entreajuda e partilha brutal. Os resultados foram aparecendo e isso tornou-se muito recompensador. Mostrou também que se queremos resultados é no treino que os vamos conseguir e com uma equipa assim fica-se mais perto. 

Não tenho dúvidas que isso fez toda a diferença e só tenho de lhes agradecer por estarem sempre a puxar uns pelos outros. Tive sessões de treino tão espectaculares que lembro-me melhor de alguns deles do que propriamente das corridas. 

É uma grande equipa, muito unida e pelo espírito que transmitem todos merecem vitórias e muito sucesso! Este título é deles!!

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada, na divisão 1?

R- Claro que sim!! a expectativa é perder 1.5s por volta para os aliens, mas até pode ser mais… hehehe… Quero mesmo aprender e absorver ao máximo a experiência. Acima de tudo respeitar os grandes pilotos que temos na d1 e tentar aprender com eles. Se conseguir isso ficarei satisfeito e o resultado será secundário. Será muito difícil certamente mas com o espírito certo será também muito recompensador!

 

Série A – zlatanzinho10

P- Parabéns pelo terceiro lugar! Satisfeito com a tua performance?

R- Sim, fiquei satisfeito com a minha prestação na corrida. Como na minha série tinha dois pilotos que considero mais rápidos que eu, o objetivo era assegurar no mínimo o terceiro lugar e esperar algum erro dos dois da frente, que acabou por não acontecer.

P- A estratégia de 3 paragens nas boxes foi decidida após treinos ou  inspiraste-te em alguém?

R- Decidi fazer essa estratégia no dia anterior numa corrida/treino com outros pilotos da liga e alguns usaram essa táctica, e tendo em conta que jogo de comando e desgasto muito pneus achei que era vantajoso para mim.

P- Neste momento estás dependente dos resultados nas outras séries para saber se consegues uma das duas vagas para o playoff. Qual é a sensação?

R- Não há nada que possa fazer agora, só me resta esperar pelos resultados. Foi sempre o meu objetivo chegar ao play-off, pode ser que tenha sorte!

P- Mesmo podendo não ter já terminado a temporada 5 para ti, consegues fazer já um balanço da mesma?

R- O balanço não é assim tão positivo. Não consegui dar luta ao Paquete e ao Bacas, e nas corridas que não foram em GR3 (que considero que sejam o meu forte) não consegui os melhores resultados e perdi pontos importantes na luta pelo playoff, neste caso na luta pelos quatro melhores terceiros classificados.

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada?

R- Em princípio sim. O objetivo será novamente tentar qualificar-me para o playoff.

 

Série C – SniperPT

P- Parabéns pela sexta vitória! Como estão essas emoções?

R- Estou muito contente com a temporada que consegui realizar. Olhando para trás consigo sentir uma boa evolução da minha parte.

P- Uma pole position bem suada! Ficaste logo consciente na qualificação que o Mecas77 não te ia facilitar a vida?

R- A minha qualificação não começou nada bem, e quando vi a primeira volta do Mecas senti ainda mais a pressão. Só consegui uma volta decente aos 10 minutos de qualificação se não estou em erro, depois fui à box e meti pneus novos e melhorei apenas ligeiramente, devido a 2 erros nessa volta. Como não tinha tempo para mais, parei fora da pista e fiquei à espera de ver o nome do Mecas aparecer em primeiro, o que não aconteceu.

P- A meio do segundo stint conseguiste abrir distância de segurança do cone de ar, sentiste nesse momento que a vitória já não te fugia?

R- Apesar da qualificação ter sido tremida em termos da minha condução, assim que começou a corrida senti-me bastante confortável. Ainda assim sabia que o Mecas estava com um ritmo parecido com o meu e podia ainda trazer o Hugo para a batalha, por isso fui tentado conjugar um ritmo forte, para manter distância, ao mesmo tempo que ia poupando os pneus. No final do primeiro stint senti que o Mecas tinha menos pneu que eu, e por isso, logo aí, comecei a ganhar uma ligeira distância, e pensei que no final do segundo stint tinha que tirar mais proveito disso. O Mecas parou uma volta mais cedo e foi aí que pensei que se não cometesse nenhum erro podia chegar à vitória, porque se ele tinha sofrido no final dos primeiros stints, no último e com uma volta a mais teria ainda mais dificuldades.

P- Apesar da temporada 5 para ti ainda não ter terminado consegues fazer já um balanço da mesma? 

R- Aconteça o que acontecer no playoff, o meu balanço para esta quinta temporada é muito positivo. Foi a minha primeira temporada na liga e nunca esperei alcançar tanto, lembro-me de comentar com a minha equipa que esta temporada ia ser de aprendizagem tanto a nível de condução como a nível de estratégia, e de me adaptar á organização e regras da liga, e que na próxima sim ia tentar alcançar algo. Consegui alcançar uma boa temporada logo na primeira e por isso espero continuar a melhorar na próxima.

Para finalizar esta temporada ainda tenho o playoff de acesso à divisão três, que antevejo que vão  ser duas corridas de loucos, em que qualquer um dos presentes pode lá chegar, são muitos pilotos e muito fortes.

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, e mesmo sem saber se consegues chegar à divisão 3, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada?

R- Claro que sim, é um privilégio fazer parte desta família que dá pelo nome de Liga GT Portugal. 

Quanto às expectativas para a próxima temporada, se conseguir subir para a divisão três, espero conseguir dar luta, numa divisão que tem corridas fantásticas, e no fim conseguir a manutenção. Mas com tanta competitividade e tão bons pilotos no playoff pode acontecer que eu não consiga subir, e assim continuar nas séries. Não seria algo que me fosse deixar desanimado para voltar na próxima época e dar o meu melhor, melhorando de volta para volta e aprendendo um bocadinho com todos aqueles pilotos nos quais tive o prazer de me cruzar e que espero que assim continue.

 

divisão 3 – pernas_tsm

P- Mais um pódio, neste caso, um terceiro lugar que foi mais que suficiente para te consagrares  campeão. Parabéns! Muito champanhe?

R- Muito obrigado desde já, foi o culminar de um grande temporada acabando com mais um pódio que neste caso confirmou o título de campeão da D3, foi champanhe até de manhã, festa rija 😁

P- Qualificaste-te imediatamente atrás do lopescj e com o datPT_TSM a arrancar tão atrás, foste mais descontraído para a corrida?

R- Não de todo, o meu parceiro DatPT_TSM é rei em fazer corridas de trás para a frente por isso a qualquer momento podia aparecer atrás de mim, não seria de admirar. Após o início da corrida consegui uma boa vantagem para o 4o classificado nas primeiras voltas o que me deixou mais confortável e confiante na corrida, sabia que se não cometesse erros era levar o carro até ao fim e seria campeão. É assim foi 🏆

P- No último stint mantiveste os pneus suaves, achas que foi esse o motivo de não teres conseguido acompanhar o duo da frente? Estás arrependido de não ter colocado os pneus super suaves?

R- Em parte foi. Tinha treinado para no último stint meter SS mas tinha de parar mais tarde. Tentei o uncut mas tive de voltar a meter suaves e até resultou mas após cometer o erro na curva 1 e o Lopescj passar nessa volta vi que para tentar ir com eles ia ter de forçar muito o ritmo e os pneus e podia correr mal, pelo que mantive o meu ritmo que foi suficiente para atingir o principal objetivo que era o campeonato.

P- Sendo campeão, o balanço da temporada 5 será extremamente positivo, mas queria uma opinião sobre mais aprofundada. Consegues dar?

R- Sim sem dúvida, foi uma temporada muito acima das minhas expectativas. A época para mim começou com o objetivo da manutenção na D3 e a partir de um certo momento ser campeão passou a ser o objetivo. Acabou por ser uma temporada excelente, a melhor para mim desde que participo na LGTPT, que culmina com um título que não é só meu mas é também dos meus companheiros de equipa TSM sem exceção pelo apoio e motivação e horas de treino  que me deram durante todo o campeonato por isso a taça também é deles.

P- Vais te inscrever na próxima temporada? Se sim, quais são as tuas expectativas para a próxima temporada, na divisão 2?

R- Sim vou claro, as minhas expectativas são boas, espero evoluir mais um bocadinho na companhia do meus parceiros e de todos os pilotos da D2 que irá vai ter um grid fortíssimo cheio de qualidade e por isso tenho a certeza que iremos proporcionar grandes batalhas em pista. O meu objetivo passará por me manter na D2 o que vier a mais é bem vindo. Queria deixar também os meus parabéns à organização/administração por mais uma bela temporada com combos e corridas brutais onde mais uma vez fizeram um excelente trabalho em prol de todos. OBRIGADO!! Venha a T6!! Até já!!

 

Entrevistas Semana 2 – Ronda 7 – Temporada 5

Divisão 1 – JIM_AZOREANDIDI

P- Parabéns por mais um terceiro lugar! Satisfeito com a tua prestação? 

R- Sim estou satisfeito com o terceiro lugar uma vez que arranquei de quinto lugar, queria ter dado luta na frente só que com o excesso de consumo de pneu não foi possível e pela competitividade alta dos adversários mas foi uma boa corrida no geral.

P- Só por uma vez te qualificaste acima da quinta posição. Numa divisão tão competitiva, será fundamental uma melhor posição à partida para se poder lutar pela vitória? 

R- Sim infelizmente não me tem corrido da melhor forma as qualificações e uma vez que os adversários estão muito fortes e competitivos é fundamental conseguir uma melhor posição de arranque para lutar pelos primeiros lugares.

P- Mais uma vez voltaste a fazer uma boa escalada na classificação e juntaste-te ao duo (pcm_stj e SDL_Edu21) da frente, mas não foste capaz de te manter junto até ao fim. Podes explicar o motivo?

R- Pois o motivo é claro, está relacionado com o desgaste de pneus sendo maior no meu carro e também por estarem muito fortes como pilotos não dando para acompanhar o Edu(SDL_Edu21) e o Carlos(pcm_stj) até ao final da prova .

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Sim estou muito entusiasmado pois é um circuito que gosto muito e são interessantes os carros a usar nesta prova vai ser uma corrida muito boa e competitiva.

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, estás na terceira posição a 27 pontos da segunda posição e com 4 e 8 pontos de avanço para o GTP_Aguilar e SDL_Telmo1991, respectivamente. É uma preocupação extra para a última corrida do campeonato? 

R- Sim claro pois estamos a falar de pilotos que estão muito competitivos e acredito que vai ser uma luta de início ao fim da prova vou tentar dar o meu melhor para manter o terceiro lugar no campeonato.

 

Série D – OSORIO128

P- Parabéns pelo primeiro pódio esta temporada e logo com um segundo lugar! Exprime as tuas emoções!

R- Epah e devia ter sido um primeiro lugar, ehehe! Tive um ligeiro bloqueio mental na reta da meta – achei que o Bagatin tinha confundido a linha da meta e como ele claramente merecia ficar à minha frente, levantei o pé para o deixar cruzar a meta “real” à minha frente.

Mais tarde vim a saber que tinha ficado sem combustível, mas como sou maçarico (e meto sempre gasolina que dá para ir a Madrid e voltar) claro que nem considerei essa hipótese.

Ficará para sempre como a única prova que poderia ter ganho esta temporada. 🙂

P- Notou-se que evitaste lutar com o drbagatin, ultrapassando apenas quando ele errava. Podes explicar porquê?

R- Treino muito pouco, de maneira que ainda tenho muita dificuldade em ser consistente e a coisa piora ainda quando tenho de andar a lutar.

Além disso sabia que o Bagatin e o Rjsc são mais rápidos que eu, para os acompanhar só no cone de ar (e acho que acabei com alguns 5s de penalização por cortar curvas). Foi mesmo a prova toda à espera do erro deles na altura crítica da prova para ver o que conseguia “sacar”. 

P- Finalmente tiveste uma corrida sem erros (despistes), mas não teres ultrapassado o drbagatin em cima da linha de meta, pode-se considerar um erro?

R- Sem dúvida! Já aprendi a lição que vou aplicar daqui para a frente – o Bagatin que se lixe! Para a próxima faço tensões de não levantar o pé e de seguida ir para o WhatsApp dizer o quão melhor sou que ele no jogo.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Adoro Interlagos! Vou estar de férias durante a próxima semana, o que significa que o treino vai tender para 0 – aquela horinha de prova é sempre porreira, mas dúvido que a coisa vá correr bem para o meu lado.

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, estás na quarta posição com 7 pontos de avanço para o EM1D1O75. É uma preocupação extra para a última corrida do campeonato?

R- Para ser honesto, nem sabia em que lugar estava. Como cantava a outra “Que Sera, Sera (Whatever Will Be, Will Be)”.

Há momentos em que penso que sou o gajo menos competitivo desta liga. Quero é começar conseguir fazer provas certinhas como fiz nesta prova, o resto logo se vê…

 

Série E – TONI_FCP_DRAGAO

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com a tua performance?

R- Obrigado. Satisfeito não porque fiquei em 2 lugar 🙂

P- No primeiro stint ainda acompanhante minimamente o PT_TiagoDias, mas no segundo stint já não foste capaz. Consegues explicar o porquê?

R- O PT_TiagoDias tava muito forte desde o início da corrida tentei ir no cone mas ele tava com um bom andamento muito forte, parabéns ao Tiago pela vitória.

Eu no segundo stint já tava muito longe e só tentei ser seguro e ficar com o segundo lugar e poupar bem o pneu.

P- Estavas à espera de ter mais algum piloto a lutar contigo pela segunda posição?

R- Como a qualificação correu esperava mais lutas porque estávamos muito juntos.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- A Liga não me ta ajudar com esta pista :)) nunca andei com estes 2 carros por isso vai ser uma novidade para mim, mas gosto muito de interlagos.

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, estás na terceira posição somente a 2 pontos dos dois primeiros. Todos os ingredientes para ser uma boa corrida ?

R- Só quero que seja uma boa corrida para todos mas vai ser uma corrida quente porque nós queremos todos ir ao play off  e isso vai dar que prometer esta corrida em interlagos.

 

SÉRIE B – DAVE_D3SIGN__tsm

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com o resultado apesar de teres ficado a poucos centímetros da vitória?

R- Muito Obrigado !

Sim muito satisfeito porque 1 hora antes da corrida não pensava participar por motivos de saúde mas tentei nem que tivesse que parar nas boxes se me sentisse mal. E por acaso correu tudo bem mesmo só me faltou uns metros de corrida pra poder vencer essa ronda. Mas foi emocionante até ao fim.

Tenho que dar novamente os meus parabéns ao Rui (Jconcepts) pra essa vitoria e ao Fakirns por essa linda corrida.

P- Treinaste a estratégia de 2 paragens nas boxes ou foi uma ideia do momento por não teres conseguido ultrapassar o andre-tvr?

R- Para ser totalmente honesto, nunca tinha treinado estratégia de 2 paragens.. Foi mesmo uma decisão de ultima hora.

Durante os treinos só andei de Bugatti. E o meu maior problema era um desgaste muito significativo dos pneus. Bem mais que os outros pilotos.

Tentei melhorar isso mas ainda não era suficiente para poder esperar um bom resultado. 

Decidi então apostar nessa estratégia mesmo no fim do qualify porque vi que tinha um bom andamento mas ia sofrer dos pneus. A minha sorte é que ninguém quis apostar comigo nesta estratégia um pouco ousada.

P- Saíres, sensivelmente, a 8 segundos do líder, após a última paragem nas boxes e faltando 9 voltas, qual era a tua expectativa?

R- Eu sabia que ia ter muitas lutas mais para frente e que isso poderia desgastar ainda mais os pneus dos 3 pilotos. Tentei dar o meu melhor com um ritmo bastante bom para poder aproximar-me e lutar com eles com uns pneus menos usados..

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Vai ser uma prova muito interessante para o fim do campeonato porque é uma pista que muitos pilotos adoram e uma pista que permite muitas lutas, e teremos certamente muitas disputas das posições finais tanto nas divisões como nas séries. Em relação aos carros, ambos são eficazes mas ainda não vi bem com qual é que me sinto melhor..

P- Vais entrar para a última prova na quarta posição a 6 pontos do ViiggY__. É uma preocupação extra para a última corrida do campeonato?

R- Claro que lutar por uma posição no pódio é sempre uma preocupação e muito mais na última corrida do campeonato.

O Viggy é um bom piloto e apesar de alguns azares (que ambos tivemos) estou muito contente por poder lutar por essa 3a posição com ele.

Agora a verdadeira preocupação que vou ter e acho que ele também, é de podermos fazer essa ultima corrida sem termos problemas de ligação. Espero que possamos os 2 participar e dar espetáculo nesta última ronda.

 

Entrevistas Semana 1 – Ronda 7 – Temporada 5

Divisão 2 – JMIGUEL1

P- Parabéns pelo primeiro pódio esta temporada, satisfeito com este terceiro lugar?

R- Boas, P3 é muito bom neste circuito fiquei contente, a chuva é que fez estragos para alguns pilotos daí eu ter aproveitado para ganhar uns pontos “extra”.

P- No primeiro stint andaste sempre em lutas. Com ritmos tão idênticos, achas que houve algum adversário que se tenha contido em pista para ganhar nas boxes?

R- No primeiro stint foi um comboio de uma grande qualidade, com um enorme respeito uns pelos outros o que dá um espectáculo para as pessoas que estão a ver pela TV, cmocho, João Oliveira Fernandorif e eu (jmigueld1) Parabéns 👍, foi um stint onde geri o combustível o short shit é obrigatório nas pistas molhadas o huracan é um ótimo carro, mas na paragem na box o cmocho acho que ele queria ganhar tempo na box e colocou pouco combustível ou nem colocou pelo que eu percebi ganhou algum tempo no início mas no fim teve que se poupar.

P- Tiveste alguma vantagem sobre o FernandoRif, mas nas últimas voltas não conseguiste mantê-lo atrás de ti. Qual foi o motivo dessa situação?

R-  Tive vantagem porque puxei mais um bocadinho pelo carro ele ainda tinha que passar o cmocho tinha muito que lutar porque é bom piloto mas no final tive que gerir o combustível, contudo o meu objectivo era fazer pódio.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Em RBR (red bull ring) tivemos o desafio italiano, agora vem o desafio alemão, estarei pronto, quero tentar repetir o mesmo feito da prova anterior ainda tenho que testar os carro para ver em qual me adapto melhor 😉

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, estás na sétima posição com 8 pontos de avanço para o oitavo. É uma preocupação extra para a última corrida do campeonato?

R- Não estou preocupado porque o meu objectivo era para esta div 2 era meio da tabela, já tinha referido no início da temporada aos meus colegas da ONE na vou para interlagos sem pressão vou tentar fazer o meu melhor como o faço sempre 👍

OBRIGADO ❤️

 

Série A – CarlosBacas_tsm

P- Parabéns pela vitória! Exprime as tuas emoções.

R- Obrigado. Para mim é um enorme orgulho ter ganho a última corrida contra 4 pilotos que estavam muito fortes. E frente ao paquete que é realmente muito forte.

P- Pouco a pouco, o Paquete foi-se afastando de ti. Ficaste surpreendido por teres saído à frente dele após a paragem na boxes?

R-  Eu sabia que com o Bugatti tinha um consumo de gasolina muito inferior e que podia ganhar à volta de 5 segundos nas box pk mal precisava de pôr gasolina. No primeiro stint só tinha de o manter a 2 ou 3 segundo que era o objectivo.

P- As últimas 3 voltas foram bastante intensas com as trocas de posição. Consideras o melhor momento da temporada desta Série?

R- Sim foi uma grande luta entre nós os 2 em que qualquer 1 podia ganhar. Não sei se foi a luta da temporada da série A mas que foi das melhores foi.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Sim muito entusiasmado. É uma pista que gosto muito com carros que são divertidos de conduzir. Para mim é o melhor combo da temporada.

P- Com a segunda posição garantida, vais entrar para a última corrida com uma mentalidade diferente?

R- Não, vou entrar sempre com a mesma mentalidade que é a de tentar vencer. Certamente os outros tb. Para alguns é a última da temporada e querem acabar na mo de cima. Por último queria deixar aqui um mensagem aos pilotos da série A pelo respeito e companheirismo que houve ao longo desta temporada.

 

Série C – Mecas77

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com o teu desempenho?

R- Obrigado. Sim e não pois por um lado foi bom porque fiquei à frente do meu rival direto coisa que me surpreendeu pois nos treinos reparei que ele estava com um ritmo mais forte que o meu mas por outro fica um sabor amargo pois depois de ter saído na frente  de ter imprimido um ritmo interessante ter perdido a corrida por burrice da minha parte pois durante os treinos que fiz e mesmo em todas as corridas da liga até agora fiz sempre uma gestão de combustível inteligente fazendo short shift mas desta vez tentei fazer uma abordagem diferente para acompanhar o ritmo tanto do sniper como do Hugo e isso acabou por prejudicar a minha posição na corrida o sniper foi mais inteligente e venceu com toda a justiça.

P- Saíste da pole e lideraste até às paragem nas boxes. Surpreendido com a diferença com que o SniperPT saiu à tua frente?

R- Sim como já disse a gestão de combustível foi muito importante no desfecho do resultado final o sniper foi mais inteligente nesse aspecto e venceu de forma justa quando cheguei às boxes e vi a diferença de combustível pus menos combustível do que devia para não sair tão atrasado mas foi mais um erro da minha parte que obrigou a que tivesse que fazer um gestão de combustível nas primeiras voltas do stint deixando fugir o sniper e com isso o Hugo aproximou se bastante de mim dois erros que custaram a vitória na corrida a meu ver.

P-  O Hugolaureano25 conseguiu reduzir a distância de 3 segundos, encostando-se a ti, mas depois voltou a perder tempo. Foste tu que “acordaste”?

R-  Lá está como pus menos combustível nas boxes do que devia nas primeiras 3 4 voltas tive de poupar bastante para ter combustível até ao final depois com a aproximação do Hugo fiquei um pouco nervoso e cometi alguns erros mas consegui recompor me e depois de ver que tinha combustível suficiente para imprimir um ritmo mais rápido fi-lo e consegui ficar com o segundo lugar.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R-  Sim estou bastante entusiasmado com a corrida porque vai ser o tudo ou nada para mim e para o Hugo na luta pela qualificação direta ao playoff o Hugo parte com alguma vantagem em relação a mim nessa luta por já ter a corrida de descarte feita e eu não mas acho que vai ser mais um grande espetáculo como já tem sido normal na nossa serie recheada de grandes pilotos de resto a pista é uma pista que adoro uma das minhas favoritas muito exigente a nível técnico com dois carros também exigentes principalmente nesta pista porque são dois carros como eu costumo dizer que dão muito de cu se um piloto não tiver cuidado no acelerador vai ser um desafio muito interessante com o extra de ter esta luta espetacular pelo segundo lugar da série

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, “estás” a 6 pontos do Hugolaureano25. No entanto, em caso de empate pontual no final do campeonato, tu estás em vantagem. Vai ser uma preocupação extra para a última corrida?

R- O meu principal objetivo vai passar por dar tudo pela vitória na corrida porque se o fizer é meio caminho para ficar com o segundo lugar na serie mas é claro que vou olhar também para a classificação do Hugo na corrida e na qualificação mas vou tentar apenas focar me em dar meu melhor e depois no fim faz se as contas porque se o Hugo ficar á minha frente na classificação geral é totalmente justo foi um piloto muito consistente durante toda a época e eu já me sinto feliz por entrar na luta pelo playoff coisa que nunca imaginei depois da primeira metade de época desastrosa que fiz chegar ao pódio já é excelente.

 

Divisão 3 – datpt_TSM

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com o teu desempenho?

R- Muito obrigado. Pelo desenrolar da corrida, sim estou satisfeito, pois permitiu-me ganhar alguns pontinhos aos meus adversários diretos e pelo facto de não ter cometido erros graves. Obviamente que contava lutar pelo P1, mas fiquei surpreendido pelo excelente andamento do Igor.

P- No final do primeiro stint, a diferença para o IgorBotelho diminuiu, chegaste a pensar em fazer o undercut?

R- Durante o primeiro stint, tentei poupar algum combustível para poder ganhar algum tempo nas boxes, e andei acompanhar o Igor, com o aproximar da paragem, forcei mais um bocadinho para fazer o undercut, mas devido a aproximação, desisti e dei mais uma volta e o objetivo era passar nas boxes ou sair colado.

P- Nas últimas voltas desististe de lutar pela vitória?

R-  Quando sai da boxe, perdi um bocado mais de tempo do que o Igor, ainda forcei, mas não consegui aproximar e com o Pernas e o Lopes logo atrás de mim, desisti da luta e pensei nos pontos para o campeonato.

P- A próxima prova, será a última do campeonato da temporada 5 da Liga GT Portugal, um confronto entre BMW M3 e Mercedes SLS, ambos gr3, em Interligados. Entusiasmado com este desafio?

R- Sim estou entusiasmado. A última prova em Interlagos agrada-me, pois é um circuito que gosto. Quanto aos carros, preferia outros, mas vamos ver como vai correr.

P- Considerando a corrida de descarte, ou seja, retirando os pontos do pior resultado, “tens” somente 3 pontos de avanço para o looescj e em caso de empate pontual no final do campeonato, tu estás em desvantagem. Vai ser uma preocupação extra para a última corrida?

R- Claro que é sempre uma preocupação, só não o era se já tivesse assegurado a subida. Penso que vai ser mais uma prova interessante e claro que não vai ser fácil lutar com o Lopes, pois ele é um excelente piloto e anda muito. Vou tentar dar-lhe luta mas espero que seja uma corrida com espetáculo e com fairplay acima de tudo. Mas também não esquecer que há outros grandes pilotos nesta divisão que poderão baralhar as contas finais. Acho que vai ser uma corrida interessante.

 

Série B – IMCONCEPTS (Corrida em atraso, Ronda 6 – Catalunha)

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com o teu desempenho?

R- Sim claro, com um erro de estratégia e um erro em pista tenho de estar super contente com este segundo lugar.

P- Saíste da pole e lideraste até à primeira paragem nas boxes. Foi aqui o teu erro estratégico?

R- Sim, primeiro porque fiz uma mini kajuzada nessa volta que dava a entender um pouco o desgaste dos pneus e segundo que mesmo sem isso, seria sempre melhor estar na frente de alguém do que a seguir um carro e entrar na volta 7 ia prevenir isso…

P- Porque não tentaste fazer um undercut ao andre-tvr na segunda paragem?

R- Ia ser muito complicado… o meu 2o stint foi se 7 voltas, que já é 1 a baixo da estratégia normal… para tentar teria de fazer 6 e depois 10 no último stint, podia funcionar mas também arriscava perder o segundo lugar com um grande desgaste de pneus… a minha ideia seria lutar de igual para igual no último stint mas não sabia da diferença de combustível, que ainda me afastou um pouco mais 😞

P- A ronda 7, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Adorei o STC quando foi RedBull à chuva com o Toyota, mas já vi que esta prova vai ser um pouco diferente… Já dei um par de voltas com o lamborghini e já entendi que tenho de ir a uma aulinha de yoga na quinta feira para ir super calmo no acelerador 😂 vai ser engraçado de certeza.

Entrevistas Semana 2 – Ronda 6 – Temporada 5

Divisão 1 – PTM_EDU21

P- Parabéns por mais um segundo lugar! Satisfeito com o teu andamento?

R- Em primeiro lugar quero cumprimentar toda a comunidade da LigaGTPortugal e em meu nome e da Equipa PTM, desejar a todos um Excelente Natal em Família, e umas Excelentes Entradas também para o Ano de 2020. 

Falando na corrida,estou contente com o meu 2° Lugar,tendo em conta o nível elevadíssimo que a 1a Divisão têm, é sempre muito saboroso acabar no Pódio . Reconheço que a Kajuzada na última chicane acabou por ditar o resultado, mas ainda assim muito satisfeito com o meu andamento obviamente.

P- Uma vez que a corrida foi reiniciada com apenas 20 voltas, ninguém teria estratégia definida. Qual foi o teu pensamento, uma vez que arrancavas do primeiro lugar?

R-Obviamente que a estratégia foi alterada,pois com as 24 voltas a estratégia passava por 2 paragens.

Tendo em conta que se reiniciou apenas com 20 voltas, senti que 1 paragem seria o suficiente e foi o que acabou por se verificar, tanto que a maioria do pilotos que estavam a discutir os Lugares cimeiros acabaram por fazer a mesma estratégia.

P- A 6 voltas do fim quando começas a perder tempo para o pcm_stj (tinha parado 3 voltas depois de ti) ficaste indeciso em parar uma segunda vez ou acreditavas que ia dar?

R- Acabei por arriscar que poderia dar. Ao aperceber-me em determinada altura que ele estava com mais ritmo nesse momento, arrisquei mais um pouco o que acabou por ser a minha sentença de morte, pois ao forçar o ritmo acabei por desgastar mais o pneu e o Carlos a acabou por encostar na última volta e conseguir a ultrapassagem.

De realçar também a grande corrida de todos os pilotos,e dar os Parabéns ao Carlos pela Vitória.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Acho um enorme desafio claro que sim, começando pelas condições em relação ao tempo (Chuva) que é algo novo para toda a comunidade, o que vai exigir mais prática no treino garantidamente. E temos também 2 carros que vai fazer coçar a cabeça pra perceber a escolha ideal na corrida.

Têm tudo pra ser uma corrida super divertida no qual vai ser necessário atenção redobrada ao mesmo tempo.

 

Série D – DRBAGATIN

P- Parabéns pela tua primeira vitória na Liga GT Portugal! Consegues exprimir as tuas emoções?

R- Obrigado. Fiquei mesmo muito feliz, realmente no dia da corrida não estava a  acreditar depois de ter feito uma péssima corrida em Brands Hatch confesso que fiquei bem desanimado, mas este podium veio pra dar uma injeção de ânimo.

P- Surpreendeu-te teres ficado na frente após a primeira paragem nas boxes?

R- Não, já estava à espera que isto poderia acontecer visto ser uma estratégia já utilizada pela equipa SLK.

P- Muito nervoso nas últimas duas/três voltas quando o rjsc71 reduz a diferença?

R- Rsrsrs, nas últimas e não só, fiquei muito surpreendido com o problema que teve o Pt_Player, porque na hora vi ele sair de pista descontrolado, e não era nada esperado da parte dele na primeira volta. A partir daí pensei em adotar um ritmo um pouco mais lento para tentar evitar erros. Após sair em primeiro das boxes então é que fiquei nervoso, que estar nesta posição, mesmo que por não ter abastecido já é uma responsabilidade hehe. O rjsc71 é um piloto bem rápido, e tenho dificuldade em acompanhá-lo, infelizmente para ele, cometeu um erro ao perder o carro na chicane, que lhe custou o primeiro lugar. Nas últimas voltas sinceramente eu estava mais à “vontade” porque para ultrapassar no final do set pneus é muito mais complicado, se estivesse mais próximo na segunda paragem, não seria difícil ele me passar com toda a certeza.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Para mim todas as pistas e carros escolhidos têm sido bom, porque exige mais treino para conhecer melhor cada carro e pista. Eu tenho uma pequena queda pelos carros de rally, e esta corrida à chuva tem alguma semelhança visto a gente ter que levar o carro com muito cuidado para não despistar, então penso que vai ser uma boa experiência.

Nesta oportunidade não poderia deixar de agradecer a Liga GT Portugal por nos proporcionar estes momentos de diversão e é claro a toda equipa CDTB, e em especial um que está sempre colaborando para umas boas dicas o meu camarada Laranjinha! Tamo junto CDTB. Um grande obrigado a toda organização e participantes.

 

Série E – RUCA_LARAMA

P- Parabéns pelo teu primeiro pódio, um terceiro lugar! Exprime os teus sentimentos.

R- Obrigado. Esta temporada não tenho tido tempo para me dedicar ao nosso hobbie como desejava! Início atribulado com uma operação e com o meu rapaz a precisar da minha atenção com as várias, muitas doenças do infantário! Este 3° lugar soube a 1°… Nesta série E temos vários pilotos top30 da Liga logo não estava à espera…

P- O início da corrida não te correu muito bem, pois foste ultrapassado pelo zik1997 e ele afastou-se rapidamente ou foi estratégia?

R- Pergunta pertinente… O Zik tem inícios de corrida melhores que eu e é da família CDTB e como tal até se podia ter dado o caso de estratégia mas foi mesmo erro meu! Arranquei para a corrida com as definições do balanço de travagem errado e só a meio da 2 volta é que me apercebi… Sempre a aprender!

P- Ganhaste 2 posições na última paragem nas boxes ao colocar um pouquinho menos de combustível, tiveste de fazer gestão nas últimas voltas?

R- Não, nenhuma! Apercebi-me de que tinha menos desgaste de pneu e consumo com o ritmo que implementei. Apostei na consistência e como tal nunca andei no limite, o que deu os seus frutos na última paragem.

Tudo isto para evitar um erro como aconteceu na ultima jornada em Monza onde errei na 21volta quando seguia na 4 posição.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Apesar de achar que está pouco realista acho que vai ser um bom desafio para todos. Avizinham-se corridas muito animadas e com muitos toques 🙂

 

SÉRIE B – CORRIDA ADIADA!

 

ENTREVISTAS SEMANA 1 – RONDA 6 – TEMPORADA 5

Divisão 2 – PTM_CMOCHO81_

P- Finalmente conseguiste vencer na liga e logo com uma triplete (pole, vitória e volta mais rápida)! Estás eufórico?

R-  Sem dúvida alguma já há muito tempo que esperava este momento e sem dúvida alguma é uma sensação indescritível, mas claro nada disto era possível sem a ajuda da equipa PTM que tem trabalhado imenso na parte da motivação dos seus pilotos.

P- Tiveste um ritmo impressionante. Treinaste mais que o normal ou simplesmente adoraste o combo?

R- Para ser sincero foi a prova em que treinei menos por causa do trabalho, mas esta categoria Gr2 sempre foi uma das minhas favoritas neste jogo.

P- Esperavas algum piloto em particular que te desse alguma luta pela vitória?

R-  Nesta divisão temos que esperar por qualquer um dos pilotos para darem luta porque é uma divisão muito competitiva e com excelentes pilotos cheios de qualidade e qualquer um deles pode lutar pela vitória, o meu único objetivo foi tentar fazer uma boa qualificação pois sabia que por causa do dirty air ia ser fundamental andar na frente, uma vez que consegui qualificar em P1 o meu objetivo era tentar não cometer erros e poupar ao máximo os pneus e o combustível, felizmente saiu tudo na perfeição.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Sim vai ser um desafio e que desafio pois vai ser uma prova que vai obrigar a uma concentração o tempo inteiro a 200% pois a condução a qual estamos habituados não resulta para este tipo de condições, vai ser necessário uma condução muito suave e ter muito cuidado com as lutas diretas pois é muito fácil cometer o erro nestas condições.

Apenas deixar uma palavra à administração da liga pelo excelente trabalho que tem desempenhado pois sem eles nada disto era possível, pois esta liga já faz parte das nossas vidas, um muito obrigado a todos e como não poderia de deixar de ser um obrigado especial a toda a família PTM.

 

Série A – BATERIA555

P- Primeiro pódio na liga esta temporada, um excelente terceiro lugar! Satisfeito com a tua performance?

R- Claro que fiquei, numa série tão difícil como a que estou inserido. Foi uma boa sensação e fiquei muito contente, Mas tudo foi graças a minha equipa a quem dedico este pódio.

P- Sentes-te mais à vontade com a categoria gr2?

R-  Não me sinto melhor nem pior, a qualificação é que me correu bem e sai mais à frente e não tremi tanto na 1 volta da corrida que é algo que tenho que melhorar, mas por outro lado é um pista em que me sinto mais à vontade…

P- Parecias estar mais rápido que o zlatanzinho10, no entanto não fizeste nenhuma verdadeira tentativa de ultrapassar e decidiste abastecer na primeira paragem, porquê?

R- Eu sabia que não podia estar em grandes lutas devido ao ar sujo então visto que não ia ser fácil ultrapassar decidi manter a distancia e testar quando o poderia atacar, nas boxes não abasteci tudo pois não podia arriscar em cair muitas posições para não cair em mais lutas e acabou por correr muito bem juntamente com o erro do zlatanzinho10 que me deixou na 3ª posição e com bom andamento, pelo menos foi o que senti.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Ainda andei pouco parece algo diferente e um bom desafio apesar de não gostar de andar à chuva… As travagens são longas e facilmente se comete erros acho que vai ser um bom desafio tal como todas as corridas até agora.

 

Série C – SNIPERPT

P- Parabéns pela tua quarta vitória nesta temporada da Liga! Abriste uma garrafa de champanhe?

R- Obrigado. Eheheh não, aquela fotografia da garrafa foi apenas uma brincadeira, já tinha sido um dia com festejos e a vitória na corrida foi a “cereja no topo do bolo”. Serviu para ir terminar a garrafa ehhehe.

P- Surpreendeu-te a distância que conseguiste para os teus adversários?

R- Eu sentia-me muito confiante para esta corrida, apesar de não gostar da pista, estava muito à vontade com o combo. Mas não fazia contas a conseguir uma distância tão larga para o segundo e terceiro lugar. O mecas e o Hugo mostraram que também estavam fortes, e isso viu-se logo na qualificação. Confesso que à semelhança de Monza, senti alguma pressão no primeiro stint, mesmo apesar de logo na primeira curva ter conseguido uma vantagem de 1 segundo.

P-  Ficam a faltar duas provas e basta conseguires 3 pontos para seres coroado vencedor da Série C. Deixa-te menos pressionado?

R-  Não. Eu não faço contas finais já, entrei e vou continuar a entrar em todas as corridas para conseguir o melhor resultado possível, e por isso vou ter sempre essa mesma pressão. Se no fim for possível ser campeão da série C melhor, é um bônus. Tenho me divertido bastante e tenho aprendido ainda mais com a minha equipa e com todos os pilotos que tenho tido o prazer de partilhar treinos, e isso tem mais valor que conseguir ficar em primeiro lugar no fim.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R-  Vai ser interessante. É uma prova que foge aos “padrões” que a liga tem apresentado e isso é sempre bom. Eu, pessoalmente, não estou muito habituado à chuva, por isso vou ter que comparecer com mais regularidade aos treinos ehehe.

 

Divisão 3 – PERNAS_TSM

P- Parabéns pelo segundo lugar!. Desempenho satisfatório no geral?

R-  Desde já obrigado. Sabia que ia ser uma corrida difícil devido ao combo que era pelo que o segundo lugar aliado à pole e à vmr foi um resultado bem satisfatório no geral.

P- Estavas na liderança e de repente estavas a 5 segundos do lopescj. Explica o que aconteceu.

R- Tudo começou ainda no primeiro stint qd à saída da chicane ia perdendo o carro duas vezes o que me levou nas voltas seguintes a fazer a chicane com receio, na volta 12 acabou por acontecer o que eu mais temia, entrei na chicane bastante mal e bastante lento e pisei demais o corretor interior o que fez com que o carro saltasse e rodasse perdendo assim cerca de 7s. Com isto, já sabia que o Lopescj estava andar bem e que só um erro lhe tiraria o 1o lugar pelo que me foquei na minha corrida e em segurar a 2a posição que apesar do incidente era um ótimo resultado para as contas do campeonato.

P- Apesar de não teres vencido a corrida, aumentaste a vantagem no campeonato. Para seres campeão, só precisas de fazer segundo em qualificação e corrida nas duas últimas provas. A pressão já é menor?

R-  Não de todo, o nível de exigência é grande e temos de estar sempre a um bom nível para conseguirmos lutar por um bom resultado. Sei que tenho uma boa vantagem para gerir mas nada está ganho, terei de dar o meu melhor nestas duas etapas que faltam.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Será uma corrida com características bem diferentes do que estamos habituados e por isso tenho a certeza que será desafiante para todos. Não sou grande fã sou sincero, acho que é uma corrida em que tudo pode acontecer, mas vou fazer os possíveis para fazer um resultado positivo.

Entrevistas Semana 2 – Ronda 5 – Temporada 5

Divisão 1 – PCM_STJ

P- Parabéns pela segunda vitória consecutiva! Tomaste-lhe o gosto?

R- Não lhe tomei o gosto! Acho que esta foi uma enorme surpresa, até para mim! Acho que ninguém estava à espera daquele desfecho… Nem eu 🙈

 

P- Esta pista tem proporcionado grandes lutas. Qual era a tua estratégia para a corrida?

R- Não sabia a estratégia e nem sequer tinha simulado um stint. Até um dia antes pensava que toda a gente ia fazer 2 paragens, até porque o tempo que se perde nas boxes não é assim tanto! 

Sabia que a pista era fácil, já a sei de cor, mas queria ter a certeza de como eram os pontos de travagem com túnel de vento e isso era o que mais me assustava. Na qualificação consegui perceber a mecânica da prova e decidi que dava para se fazer apenas uma paragem à justa e que ia ter que poupar para ter vantagem no 2º stint.

Acima de tudo, também tinha noção que para ganhar não podia ter penalizações porque Monza é um circuito bastante propício para ganhar penalizações nas chicanes e muito difícil para nos livrarmos delas.

 

P- Após a paragem nas boxes, o quinteto da frente ficou um pouco partido e tu ficaste praticamente isolado na terceira posição. Percebeste o motivo?

R- Percebi, claro! Sou um jogador prudente e por isso é que enquanto toda a gente só trocou os pneus nas boxes, eu decidi apostar as minhas fichas na velocidade e meter +15% de combustível no carro. Era uma questão de tempo até os voltar a apanhar, pois o facto de estarem em luta e a poupar combustível numa pista com 1 milhão de retas enormes poderia ser uma vantagem para mim, que vinha a todo o gás a gastar tudo o que tinha, sem pena nenhuma do meio ambiente nem com medo da visita da Greta Thunberg a Portugal 🤣 

E fruto dessa minha fugacidade toda em chegar aos dois primeiros ia tendo um acidente contra a traseira do Subaru do Edu, na travagem para a segunda chicane, que ainda hoje não sei como é que segurei o carro

 

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Não estou confortável com o circuito. Na última prova que houve neste circuito, lembro-me que fui com o Beetle Gr.3 e que não me correu nada bem. Pode ser que desta vez as coisas corram um bocadinho melhor para o meu lado, sendo que, claro está, sempre com a maior prudência possível porque não dá para inventar muito com os carros do Gr.2.

 

Série D – RJSC71

P- Parabéns pelo segundo lugar! Satisfeito com o teu resultado?

R- Sim mas uma pessoa quer sempre o primeiro lugar fica sempre um amargo de boca quando se sabe que pode fazer melhor…

 

P- Ao teres abastecido na primeira paragem nas boxes perdeste a possibilidade de ir no cone do PT_Player_11. Foi propositado ou tentaste a adivinhar o que ele ia fazer?

R- Não , foi sempre e será sempre minha estratégia de fazer isso na primeira pit stop, afinal a maior probabilidade de termos acidentes e contactos é o primeiro steam e sendo assim eu tenho vantagem ou tinha se isso acontecesse ao PT_Player mas não acontece porque ele é um piloto de D1… nunca falha….👍

 

P- Ao que parece tinhas um problema no teu equipamento (volante/pedais), mas não parece ter afectado o teu rendimento. Qual era e como resolveste?

R- Olha para não ser segredo é penso que posso fazer esta confidence, falei com o Senna e deu me um contacto e encomendei um jogo novo de pedais para o T500 . Chegaram na quarta-feira não foi o suficiente.

Resolver o problema, foi fácil, defini botões de acelerador /travagem no volante e foi assim toda a corrida, é óbvio que já é difícil de comando quanto mais de volante com 3 movimentos nos dedos mas foi uma experiência nova correu tudo bem no final, 2 lugar .

Eu sei que se tivéssemos e já foi dito o Bititiz era diferente de certeza….

Mas estará sempre presente em todos nós.

 

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Catalunha lembra-me muito o circuito do Estoril, tive grande corridas neste circuito, espero nunca desiludir, estar sempre pronto para tudo, quanto ao carro  GR2 é um carro muito difícil requer muito conhecimento do carro e da reação dele em Catalunha estou muito virado para o meu carro de sonho e penso eu de muitos, relação preço/ qualidade , o GT-R . Gosto de tudo em geral principalmente a diversão com estas pessoas todas fantásticas.

 

Série E – sacoto14

P- Parabéns pelo teu segundo lugar! Satisfeito com o resultado?

R- Sim posso dizer que correu melhor que o esperado. Na qualificação fiz um tempo que nunca tinha conseguido nos treinos, e ainda por cima sem cone. Ainda tentei mais à frente apanhar alguma boleia de alguém mas não consegui. Na volta 2 tive o incidente com o Toni e achei por bem esperar por ele para devolver o lugar, a partir daí foi tentar escalar no grid o mais alto possível e beneficiei de um novo azar do Toni que o mandou para o fim do grid.

 

P- Esse esperar, retirou-te a possibilidade de lutar pela vitória?

R- Não creio, o Tiago fez uma corrida sublime. Mereceu 300% a vitória e com gostinho de redenção após brands hatch que não lhe correu nada bem. Ainda que tivesse permanecido junto dele na frente sem ter abrandado, os 8 segundos que levei de penalização iriam puxar-me para 2º.

 

P- Estando numa de recuperar lugares, teres parado na volta 8 e colocado combustível até ao final da corrida, não atrasou um pouco o teu objectivo?

R- É relativo, não acho que tenha perdido tempo. O facto de abastecer na 1a paragem tem as suas vantagens.

 

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Nada confortável em gr.2 nem gosto da pista. Estou a ter muitas dificuldades nos treinos e ainda não consegui escolher o carro.

 

SÉRIE B – MAGALHAES_CMD

P- Parabéns pelo segundo lugar, o teu melhor resultado esta temporada na Liga! Satisfeito com o teu desempenho?

R- Boa noite, sim estou bastante satisfeito com a prestação que tenho tido, não é uma série fácil, a concorrência é muito forte, e a cada semana obrigam-me a dar sempre um pouco mais que o melhor😂😂😂

 

P- Surpreendeu-te o facto do andre-tvr ter feito apenas uma paragem nas boxes?

R- Não foi grande surpresa. Sendo nós a última série a correr, já vamos com alguma noção dos resultados das estratégias.

 

P- As penalizações que apanhaste ao longo da corrida ditou que não pudesses sonhar com a vitória?

R- Sim, infelizmente ao querer impor o meu melhor, acabei por exceder de mais os limites, e isso pesou muito.

 

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Gr2 é sempre um desafio, são carros muito rápidos, e não perdoam o erro. Catalunha não é um circuito fácil, mas vou dar o meu melhor.

Entrevistas Semana 1 – Ronda 5 – Temporada 5

Divisão 2 – FernandoRif

P- Parabéns pela tua primeira vitória esta temporada! Previas lutar pela vitória?

R- Obrigado, depois da qualy me ter corrido tão mal confesso que não previa a vitória mas estava focado em recuperar o máximo possível.

P- Quando saíste algo distante do trio da frente após a última paragem nas boxes, sentiste que as penalizações poderiam ser o factor determinante?

R- Sim claro como foram, mas nunca contei com a penalização de ninguém, tentei puxar o máximo possível porque naquela altura apercebi-me que os da frente estavam a fazer uma gestão de combustível que me permitia voltar para o grupo e quando voltei para o cone comecei a poupar o que tinha gasto a mais.

P- Arrancar de sétimo e vencer, não está ao alcance de todos. Consegues exprimir as sensações após uma corrida tão boa?

R- Pura alegria, o típico grito de guerra quando passas a meta e vez o teu nome em primeiro. Basicamente só me consegui deitar as 3 da manhã por causa da adrenalina.

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Sim gosto bastante do combo, Catalunha já é uma velha amiga do F1 e os Gr2 são carros que dão muito gozo conduzir.

 

Série A – CarlosBacas_TSM

P- Terceira corrida consecutiva a terminar no segundo lugar! Satisfeito com a tua performance?

R- Não posso dizer que estou insatisfeito, e sempre bom ficar no pódio. Mas sinto que consigo ser mais rápido para poder lutar pelo 1 lugar esse sim é o meu objectivo…

P- Parecias estar mais rápido que o zlatanzinho10, no entanto mantiveste-te atrás durante grande parte da corrida e inclusive vieste a sentir pressão do Ccortega. Podes explicar o motivo?

R- Acho que tínhamos um andamento muito parecido, e como ele estava a conseguir acompanhar o paquete não forcei a ultrapassagem e ia conseguindo poupar pneu e gota. Até que fiquei com penalização e preferi retirá-la atrás dele.

P- Se te tivesses qualificado em segundo, achas que terias alguma hipótese de acompanhar o Paquete_1976?

R- O paquete estava com um andamento impressionante. E acho que dificilmente o conseguia acompanhar. Mas com o cone de ar poderia ter algumas chances se não cometesse erros. Mas ele estava muito forte.

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- E um circuito que eu gosto. Mas nunca andei lá com um GR2 vamos ver como corre.

 

Série C – Mecas77

P- Parabéns pela tua primeira vitória nesta temporada na Liga! Como estão essas emoções?

R- Obrigado. Para ser sincero estava muito confiante para esta corrida monza é uma pista em que geralmente me dou bem e nesta corrida não foi exceção mas não esperava vencer principalmente tendo o sniper que como toda a gente sabe tem um ritmo fantástico mas consegui imprimir o meu ritmo á exceção do segundo stint porque fiquei baralhado com a estratégia do sniper mas felizmente correu tudo bem sem azares finalmente e estou feliz pela primeira Vitória nesta temporada que ajudou a relançar a luta pelo pódio na série que é o meu objetivo.

P- Ficaste baralhado com a estratégia do SniperPT, pelo ritmo que ele estava a ter para uma só paragem ou por outro motivo?

R- Fiquei baralhado porque estava com a ideia que todos iam fazer 2 paragens por isso tentei manter me atrás dele para poupar combustível depois nas boxes iria ganhar tempo com isso e distanciar me dele cortando o cone de ar depois sabia que tinha ritmo para não o deixar aproximar se de maneira a recuperar o cone mas quando vi que ele ia para uma paragem no início do meu segundo stint vi que tinha de forçar o ritmo e cometi alguns erros sendo inconsistente felizmente com a penalização que ele acumulou mais o cone que lhe apareceu à frente na última volta consegui recuperar e chegar à tão desejada vitória.

P-  Esperavas mais algum piloto na luta pela vitória para além do SniperPT?

R- É assim não estava a par do andamento do resto dos pilotos mas uma coisa que tenho gostado nesta série é a quantidade de pilotos com um andamento bom tornando as corridas competitivas e emocionantes na minha opinião o sniper está num nível um pouco superior aos restantes pilotos da série mas depois temos o hugo o aibicii o zematador o ruisound o duarte o próprio laranjinha que infelizmente não tem conseguido realizar as provas e eu temos ritmos muito semelhantes e qualquer um pode lutar pela vitória e pelo pódio.

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Estas últimas quatro corridas são em circuitos que eu adoro correr e costumo dar bem já na temporada passada venci na catalunha e o objetivo vai passar por vencer novamente esta temporada o carro é totalmente diferente do beetle que conduzia a temporada passada mas os gr2 são carros que eu gosto de conduzir são mais rápidos e mais ágeis do que os gr3 portanto está aqui um combo que me agrada bastante.

 

Divisão 3 – spaceboyPT

P- Parabéns pela tua primeira vitória na Liga. Descreve as emoções!

R- Sendo muito sincero estive a gritar de alegria durante um minuto. Foi uma sensação fantástica. Para além da vitória ser inesperada, acumulei muitos nervos nas últimas voltas porque não sabia que o humabelo tinha penalização e pensava que ia perder a corrida pela minha penalização, por isso foi mesmo uma explosão de adrenalina!

P- Segunda corrida consecutiva em que a tua primeira volta te corre muito mal. É estratégia?

R- É e não é. Como é óbvio o meu plano não é perder posições mas passa por não entrar em lutas que façam perder as minhas trajetórias e desgastar pneu. Acresce a isto o facto de ter levado um toque em Brands Hatch e ter errado na travagem na parabólica de Monza que fizeram perder a maioria das posições. De qualquer maneira acho que é algo que tenho de melhorar.

P- A tua estratégia sempre foi parar apenas uma vez ou alteraste com o desenrolar da corrida?

R- Por incrível que pareça decidi a minha estratégia na qualificação. Quando comecei a treinar foi sempre para uma paragem, aliás as simulações de corrida que fiz foram nesse sentido. Mas nos 2 dias antes da corrida tentei ser mais rápido nos treinos e comecei a ter maior desgaste de pneu por isso pensei em fazer voltas mais rápidas e duas paragens. Mas quando estava a fazer a qualificação só consegui fazer uma volta rápida porque estava a cometer muitos erros, e por isso decidi, mesmo antes de começar a prova, alterar a estratégia de corrida para uma paragem porque era o que tinha treinado mais e sabia que conseguia ser consistente e não cometer erros. E assim foi…

P- A próxima prova será na Catalunha e o veículo tem de ser Gr2 do ano 2016. Confortável com esta categoria de carros? Gostas do circuito?

R- Nada mesmo. Não gosto do circuito e são carros difíceis. De qualquer maneira vou voltar a apostar no treino, algo que deu os seus frutos nas últimas duas provas. Tem sido muito importante também o apoio da minha equipa que tem dado o seu apoio e acima de tudo têm sido uma grande ajuda para encontrar formas de melhorar a minha prestação. Às vezes o problema está na nossa cabeça e só nos cabe a nós ultrapassar esse obstáculo, e com ajuda tudo é mais fácil. Um grande abraço para todos eles!