ENTREVISTAS SEMANA 1 – RONDA 6 – TEMPORADA 5

Divisão 2 – PTM_CMOCHO81_

P- Finalmente conseguiste vencer na liga e logo com uma triplete (pole, vitória e volta mais rápida)! Estás eufórico?

R-  Sem dúvida alguma já há muito tempo que esperava este momento e sem dúvida alguma é uma sensação indescritível, mas claro nada disto era possível sem a ajuda da equipa PTM que tem trabalhado imenso na parte da motivação dos seus pilotos.

P- Tiveste um ritmo impressionante. Treinaste mais que o normal ou simplesmente adoraste o combo?

R- Para ser sincero foi a prova em que treinei menos por causa do trabalho, mas esta categoria Gr2 sempre foi uma das minhas favoritas neste jogo.

P- Esperavas algum piloto em particular que te desse alguma luta pela vitória?

R-  Nesta divisão temos que esperar por qualquer um dos pilotos para darem luta porque é uma divisão muito competitiva e com excelentes pilotos cheios de qualidade e qualquer um deles pode lutar pela vitória, o meu único objetivo foi tentar fazer uma boa qualificação pois sabia que por causa do dirty air ia ser fundamental andar na frente, uma vez que consegui qualificar em P1 o meu objetivo era tentar não cometer erros e poupar ao máximo os pneus e o combustível, felizmente saiu tudo na perfeição.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Sim vai ser um desafio e que desafio pois vai ser uma prova que vai obrigar a uma concentração o tempo inteiro a 200% pois a condução a qual estamos habituados não resulta para este tipo de condições, vai ser necessário uma condução muito suave e ter muito cuidado com as lutas diretas pois é muito fácil cometer o erro nestas condições.

Apenas deixar uma palavra à administração da liga pelo excelente trabalho que tem desempenhado pois sem eles nada disto era possível, pois esta liga já faz parte das nossas vidas, um muito obrigado a todos e como não poderia de deixar de ser um obrigado especial a toda a família PTM.

 

Série A – BATERIA555

P- Primeiro pódio na liga esta temporada, um excelente terceiro lugar! Satisfeito com a tua performance?

R- Claro que fiquei, numa série tão difícil como a que estou inserido. Foi uma boa sensação e fiquei muito contente, Mas tudo foi graças a minha equipa a quem dedico este pódio.

P- Sentes-te mais à vontade com a categoria gr2?

R-  Não me sinto melhor nem pior, a qualificação é que me correu bem e sai mais à frente e não tremi tanto na 1 volta da corrida que é algo que tenho que melhorar, mas por outro lado é um pista em que me sinto mais à vontade…

P- Parecias estar mais rápido que o zlatanzinho10, no entanto não fizeste nenhuma verdadeira tentativa de ultrapassar e decidiste abastecer na primeira paragem, porquê?

R- Eu sabia que não podia estar em grandes lutas devido ao ar sujo então visto que não ia ser fácil ultrapassar decidi manter a distancia e testar quando o poderia atacar, nas boxes não abasteci tudo pois não podia arriscar em cair muitas posições para não cair em mais lutas e acabou por correr muito bem juntamente com o erro do zlatanzinho10 que me deixou na 3ª posição e com bom andamento, pelo menos foi o que senti.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Ainda andei pouco parece algo diferente e um bom desafio apesar de não gostar de andar à chuva… As travagens são longas e facilmente se comete erros acho que vai ser um bom desafio tal como todas as corridas até agora.

 

Série C – SNIPERPT

P- Parabéns pela tua quarta vitória nesta temporada da Liga! Abriste uma garrafa de champanhe?

R- Obrigado. Eheheh não, aquela fotografia da garrafa foi apenas uma brincadeira, já tinha sido um dia com festejos e a vitória na corrida foi a “cereja no topo do bolo”. Serviu para ir terminar a garrafa ehhehe.

P- Surpreendeu-te a distância que conseguiste para os teus adversários?

R- Eu sentia-me muito confiante para esta corrida, apesar de não gostar da pista, estava muito à vontade com o combo. Mas não fazia contas a conseguir uma distância tão larga para o segundo e terceiro lugar. O mecas e o Hugo mostraram que também estavam fortes, e isso viu-se logo na qualificação. Confesso que à semelhança de Monza, senti alguma pressão no primeiro stint, mesmo apesar de logo na primeira curva ter conseguido uma vantagem de 1 segundo.

P-  Ficam a faltar duas provas e basta conseguires 3 pontos para seres coroado vencedor da Série C. Deixa-te menos pressionado?

R-  Não. Eu não faço contas finais já, entrei e vou continuar a entrar em todas as corridas para conseguir o melhor resultado possível, e por isso vou ter sempre essa mesma pressão. Se no fim for possível ser campeão da série C melhor, é um bônus. Tenho me divertido bastante e tenho aprendido ainda mais com a minha equipa e com todos os pilotos que tenho tido o prazer de partilhar treinos, e isso tem mais valor que conseguir ficar em primeiro lugar no fim.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R-  Vai ser interessante. É uma prova que foge aos “padrões” que a liga tem apresentado e isso é sempre bom. Eu, pessoalmente, não estou muito habituado à chuva, por isso vou ter que comparecer com mais regularidade aos treinos ehehe.

 

Divisão 3 – PERNAS_TSM

P- Parabéns pelo segundo lugar!. Desempenho satisfatório no geral?

R-  Desde já obrigado. Sabia que ia ser uma corrida difícil devido ao combo que era pelo que o segundo lugar aliado à pole e à vmr foi um resultado bem satisfatório no geral.

P- Estavas na liderança e de repente estavas a 5 segundos do lopescj. Explica o que aconteceu.

R- Tudo começou ainda no primeiro stint qd à saída da chicane ia perdendo o carro duas vezes o que me levou nas voltas seguintes a fazer a chicane com receio, na volta 12 acabou por acontecer o que eu mais temia, entrei na chicane bastante mal e bastante lento e pisei demais o corretor interior o que fez com que o carro saltasse e rodasse perdendo assim cerca de 7s. Com isto, já sabia que o Lopescj estava andar bem e que só um erro lhe tiraria o 1o lugar pelo que me foquei na minha corrida e em segurar a 2a posição que apesar do incidente era um ótimo resultado para as contas do campeonato.

P- Apesar de não teres vencido a corrida, aumentaste a vantagem no campeonato. Para seres campeão, só precisas de fazer segundo em qualificação e corrida nas duas últimas provas. A pressão já é menor?

R-  Não de todo, o nível de exigência é grande e temos de estar sempre a um bom nível para conseguirmos lutar por um bom resultado. Sei que tenho uma boa vantagem para gerir mas nada está ganho, terei de dar o meu melhor nestas duas etapas que faltam.

P- A próxima prova, será uma novidade no campeonato da Liga GT Portugal, Red Bull Ring à chuva com dois carros à escolha, Lamborghini Huracán vs Bugatti Veyron ambos do Gr4. Parece-te um bom desafio?

R- Será uma corrida com características bem diferentes do que estamos habituados e por isso tenho a certeza que será desafiante para todos. Não sou grande fã sou sincero, acho que é uma corrida em que tudo pode acontecer, mas vou fazer os possíveis para fazer um resultado positivo.

Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *