Resumo Semana 1 – Ronda 5 – Temporada 4

Para esta ronda 5 da 4ª Temporada da LGTPT viemos até Fuji no Japão. Uma pista que é notoriamente diferente de todas as outras, mas não menos difícil. Uma pista muito técnica com grandes rectas, grandes travagens, curvas em apoio, curvas em aceleração e depois um sector final que é do mais técnico que por aí há!

Começamos como habitualmente com a Divisão 1, mas desta vez, um início algo atribulado nos testes de largada, com 2 pilotos a não poderem realizar o qualify e assim a terem que arrancar do final da grelha. Infelizmente acabariam por nem sequer conseguir realizar a corrida. Os pilotos foram o Sérgio Fonseca e o Malagueta.

Em relação ao qualify, tivemos a terceira pole position consecutiva para o Moura, no seu Toyota FT1. 1.36.679 foi o seu tempo. A cerca de 20 milésimas surge o Jaguar do Carlos Salazar, seguido a menos de 1 décima do Edu Simões com o BMW M6. Ainda no segundo 36, Aguilar também de BMW M6. De referir também que os 9 pilotos que realizaram qualify, ficaram separados por apenas 1.5 segundos, mostrando a competitividade existente nesta divisão 1.

A corrida começou de forma algo pacífica, com os 2 primeiros a conseguirem distanciar-se do resto do pelotão. No primeiro stint, o Carlos Salazar optou por uma estratégia mais comedida, mantendo-se atrás do Moura para poupar combustível, e assim perder menos tempo nas Boxes. Esta estratégia veio a mostrar-se acertada com o Carlos a saltar para a liderança na altura das paragens, e aí conseguiu começa a abrir distância para o Moura, terminando a corrida com quase 10 segundos de avanço.

De referir também a grande luta que existiu durante mais de metade da corrida, entre o Pardal e o Rodaovento que andaram em grande animação, sempre porta com porta com sucessivas ultrapassagens, proporcionando um grande espectáculo a todos que assistiram a esta corrida.

No final das 25 voltas, Carlos Salazar vencia a corrida, conseguindo assim a sua segunda vitória nesta Temporada 4, juntando à vitória a volta mais rápida da corrida. Moura no segundo lugar, neste que foi o seu terceiro pódio consecutivo. Na terceira posição, o Nuno Andrade que depois de 3 corridas de alguns azares, repetia assim a sua melhor posição conseguida em Interlagos, a primeira corrida. De notar também que arrancou de 7º, e fez uma espectacular recuperação.

Uma palavra também para o Zé Luís, que conseguiu com uma grande corrida a sua melhor posição nesta temporada, com um 6º Lugar.

Vê aqui a transmissão completa: https://www.youtube.com/watch?v=3aBSKRqRKVo

 

Logo depois, tivemos a Divisão 3, que tanto espectáculo nos tem proporcionado, e desta feita não foi excepção. Esta divisão tem sido dominada pelo Beetle do Benjasenna. Domínio esse que foi interrompido na Catalunha, devido a um incidente na primeira volta. Assim ele estava determinado em voltar à senda vitoriosa!

No qualify, tivemos uma estreia: pole position para o Fernando Rif! 1.37.349 foi o seu tempo no Aston Martin. A cerca de 40 milésimos, Benja no seu Beetle. João Oliveira de Mercedes em terceiro, Jmiguel de Lexus em quarto e Adélio de ToyotaFT1 em quinto lugar. Foram estes os 5 pilotos que conseguiram rodar no segundo 37.

Como foi dito esta divisão tem sido principalmente animada por uma grande rivalidade destes 5 pilotos, com o Humabelo também metido ao barulho.

A corrida começou com um ritmo alucinante e formaram-se logo alguns grupos. FernandoRif e Benjasenna que depois de umas voltas a pressionar, o benja passou e foi embora. Jmiguel, João Oliveira, Adélio e Humabelo proporcionaram umas grandes voltas iniciais com muitas e boas lutas. Mais atrás loucolisboa, rafes e xoinas que também não estiveram ali muitas voltas bastante animados.

Depois dos 40 e mais minutos de corrida, o Benjasenna conseguia a sua 4ª vitória em 5 corridas, FernandoRif na segunda posição, neste que foi o seu quarto segundo lugar consecutivo, ele que também conseguiu a volta mais rápida da corrida. A fechar o pódio, o João Oliveira, que repetiu a classificação que tinha conseguido na ronda anterior, na Catalunha.

Vê aqui a transmissão completa: https://www.youtube.com/watch?v=tI3-g9ZkVvU

 

A corrida foi a divisão 4, foi também bastante animada.

Esta divisão, por sua vez, tem sido dominada pelo Lopes no seu Corvette, que vinha com 3 vitórias nas primeiras 4 rondas, no entanto nenhuma vitória tem sido de mão beijada, basta pensar que por exemplo em nurburgring a vitória do Lopes só chegou na entrada para a última volta quando o dat perdeu o controle do carro.

Na qualificação uma estreia, pole position para o Pernas no seu Beetle. 1.38.179 foi o seu tempo. A exactamente uma décima, o Corvette do Lopes, a 6 milésimas o Beetle do MPereira, datPT no Lexus a 10 milésimas, e depois um pouco mais afastado o BMW M6 do RicMT. Foram os 5 pilotos que conseguiram rodar no segundo 38.

Muita emoção nas 25 voltas, com o Pernas apesar de ter arrancado na frente e conseguido fazer as primeiras voltas na frente, acabaria por acusar o consumo de pneus e perder a primeira posição para o Lopes, e depois para o MPereira. Apesar de parecer que o Lopes teve sempre a corrida controlada, foram 25 voltas em que não podia acusar a pressão e cometer o mínimo erro, pois o MPereira ia no seu alcance, terminando a corrida a apenas 2 segundos de distância.

Pernas e dat terminariam também praticamente colados.

Loooper, Diogo Gomes e Darkos, também numa animada luta, proporcionando grandes momentos e grandes ultrapassagens.

No final, o Lopes conseguia a sua 4ª vitória nesta Temporada 4! MPereira conseguiu a segunda posição, neste que foi o seu quarto pódio. Na terceira posição, o Pernas a redimir-se da perca de conexão na ronda anterior. A Volta mais rápida foi para o datPT.

Vê aqui a transmissão completa: https://www.youtube.com/watch?v=liiQsNJtCTM

 

Para terminar a semana desportiva, eis que surge a Divisão 6. São 3 as coisas que têm marcado esta divisão: pouca afluência dos pilotos, grande evolução de todos (não só em ritmo mas também de confiança e race craft) e a enorme luta de titãs entre o AndreTVR e o Carlos Bacas.

Entrávamos para a 5ª Ronda com 2 vitórias para cada um destes pilotos, e nada melhor do que Fuji para tirar as teimas.

O qualify abriu com a terceira pole position para o Andre no seu Lexus, com 1.37.507. A pouco menos de 4 décimas lá estava o CarlosBacas com o seu Aston Martin. Depois no resto do grid tudo muito junto, já algo distantes dos lideres. Saferreira de Porsche e Eduardo Suiço de BMW M6 separados por 40 milésimas. zik1997 de Porsche, Tio Teixas e By Night de Beetle e o Iscas de Mazda separados por 3 décimas. Mais afastado vinha o Mjcupluisandrade no seu Porsche.

A corrida inicia e começa também a luta entre o Andre e o Carlos. Foram 25 voltas de pura loucura entre ambos. Se nos inícios dos stints com os pneus novos, o André conseguia ganhar alguma vantagem, a partir de metade do stint virava ao contrário e tínhamos o Carlos a recuperar. Tivemos nas 25 voltas, ai umas 12 ultrapassagens na recta da meta, onde ambos trocavam de posição. E quando se previa um final de corrida imprópria para cardíacos, o CarlosBacas perdeu o controle do carro na chicane no inicio do terceiro sector, e acabaria assim por hipotecar as suas hipóteses de lutar pela vitória. No resto do grid, se nas voltas iniciais podemos assistir a algumas lutas, e também infelizmente a alguns contactos, com a chegada do desgaste dos pneus e das primeiras paragens, os pilotos acabaram por ficar com diferenças entre si significativas, o que lhes permitiu ter uma corrida mais calma.

No final, André levava de vencida a corrida, nesta que foi a sua 3ª vitória nesta temporada, levando para si também a volta mais rápida da corrida. CarlosBacas em segundo lugar. Eduardo Suiço a fechar o pódio. Saferreira, zik1997, Iscas e Mjcupluisandrade completavam as restantes posições, numa corrida onde tivemos 2 abandonos.

Vê aqui a transmissão completa: https://www.youtube.com/watch?v=QZAyZ2rxK6s

 

Start a Conversation

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *